domingo, 26 de julho de 2009

Confraternização do dia do amigo!!!



Um dia especial - 20 de julho, dia para reunir os amigos e fazer aquela festa abençoada, foi com esse intuito que a juventude se reuniu e "bombou geral", corrida de saco, corrida com ovo na colher e até fogueira e é claro sem perder a essência do cristianismo.
Viva mais, viva com Jesus junte-se a nós.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Os Mártires do Novo Testamento.

Mais precisamente, o livro ao qual trata este assunto bem detalhado é sem dúvida nenhuma “Os Mártires do Coliseu” de A. J.O’ Reilly; Um homem de Deus que viveu em um tempo onde o protestantismo estava em fase de crescimento, onde muitas pessoas queriam experimentar essa nova “Doutrina”; que d’antes era somente do povo católico.

Não deve ter sido fácil, descrever todos os sentimentos vividos por aqueles guerreiros que até o dia de hoje se tem falado tanto. O sangue que lavou aquele anfiteatro foi de cristãos consagrados ao serviço do Senhor.

É quase impossível descrever os fatos ocorridos naqueles dias de sombrios onde negar o Senhor Jesus era a condenação à morte. Morte essa no Coliseu; espectadores somente esperando as próximas vitimas. O primeiro mártir do Coliseu: quase que imperceptível muitas, pessoas nem sabem que o primeiro mártir do Coliseu seja o seu próprio arquiteto GAUDÊNCIO, um cristão.

Não se sabe como foi tal morte, ou ate mesmo como Gaudêncio viveu; porém sabemos que ele era de uma crença contraria a do império romano. Talvez seja esse motivo para não ser revelada sua identidade.

Outros mártires: Inácio fora discípulo dos Apóstolos Pedro e João. Seu crime: carregar dentro de si Jesus crucificado, ele foi preso passou por varias provações antes de ser martirizado em Roma. Com muita arrogância do imperado romano este homem de Deus foi devorado por leões faminto.

Uma mulher por nome Tecla; pode ter sido a primeira mulher martirizada no anfiteatro romano. Atílio Glabrione, um servo do Senhor ainda lutou contra um leão e o matou, mas também foi martirizado pelo tirano de Roma. Eustáquio e sua família também foram perseguidos e mortos. Porém um fato muito curioso ocorreu quando os tratadores dos animais ferozes soltaram as feras para atacar suas vitimas, elas se submeteram aos pés da família dos servos do Senhor sem lhes tocarem. Este fato ocorrido não quebrantou o coração de seus idealizadores que fizeram com que essa família sofresse com golpes de seus soldados.

Seria injusto de a minha parte deixar de falar de vários homens e mulheres de Deus que passaram por grandes lutas e por diversos tipos de mortes possíveis. Porem não podemos nos esquecer que por maiores luta tivermos aqui nesta terra, seremos mais que vencedores com aquEle que vive e reina para todo e sempre.

Uma pequena analise e um pedido para que possamos conhecer melhor a história da Igreja: Policarpo foi queimado vivo, Papias e Inácio formam um elo entre a era apostólica e a seguinte. Justino martirizado em Roma não negou sua fé. Irineu, Tertuliano, Orígenes, Eusébio, Jerônimo, João Crisóstomo e Agostinho; sem contar os apóstolos do Senhor Jesus. Todos eles tiveram um momento muito angustiante em suas vidas passageiras aqui na terra; porem não hão de levar em conta a Glória que os aguardavam nos céus.

Que nos possamos todos os cristãos lembrar que a vida cristã não consiste apenas em vitórias e mais vitórias. Pois quem venceu a morte foi somente nosso Senhor Jesus Cristo, e é dele a nossa grande vitória pelos séculos dos séculos Amém! Extraído – Por Aldemis Del Santo.

Você está preparado?

Loading...

Clipe: Eyshila Até Tocar o Céu

Loading...